Quase todo mundo que eu conheço sente-se oprimido. A maioria é mais ocupada do que nunca, especialmente se têm crianças em casa.

A maioria dos cristãos que conheço afirmariam que a adoração em família – se eles conhecerem esse conceito – é importante e que, provavelmente, seria uma prática que vale a pena, se eles tivessem tempo pra isso.

Se isso é verdade para você, então minha oração é para persuadi-lo que, apesar das muitas demandas em sua agenda, você faça do culto familiar uma prioridade. E espero fazer isso independentemente do tamanho da sua família, mesmo que você não tenha filhos ou que eles não estejam mais em casa, por meio das seguintes cinco razões:

1. Deus merece ser adorado em nossas casas por nossas famílias.

Esse ensinamento é Bíblico. Não há nenhum mandamento direto sobre o culto familiar, mas está implícito em tudo. Quando Isaque perguntou ao seu pai Abraão: “Onde está o cordeiro para o sacrifício?” (Gn. 22:7), ele sabia que algo estava faltando no culto porque Abraão já o havia levado, junto com o resto da família, para a adoração antes.

Além disso, após um dos filhos de Jó realizar uma festa, ele envia para eles uma oferta queimada de culto na presença de Deus e “Assim Jó o fazia continuamente” (Jó 1:5).

O apóstolo Pedro exorta os maridos para viverem com suas esposas “em entendimento” (1 Pe 3:7). Uma razão para que Pedro tenha dito isso foi se referindo não apenas a oração do marido (“para que não sejam impedidas vossas orações”), mas a oração mútua. Pedro assume que casais cristãos oram juntos em casa.

Se você acredita no evangelho, eu espero que você esteja convencido, portanto, pela Escritura e pelo Espírito de Deus, das virtudes que ele espera de nós, que é ser adorado em nossas casas por nossas famílias.

2. Não há melhor maneira de falar do evangelho para as almas de seus familiares a cada dia.

A areia em nossas almas e a rotina da vida nos coloca a necessidade de relembrar as gloriosas verdades do evangelho diariamente. Jerry Bridges reiterou a tão útil necessidade de “pregarmos o evangelho para nós mesmo todos os dias”. O culto familiar nos dá a oportunidade de fazer isso para toda a família.

Se você tem filhos, você tem a certeza de que é claro sobre a mensagem do evangelho? Mesmo aqueles que ainda não tenham abraçado a fé salvadora, você está confiante de que pode articular a essência do que Deus tem alcançado na vida, morte e ressurreição de Jesus? Não ache que outros vão explicar e garantir que eles compreendam. No contexto do culto familiar, você pode ter certeza de que eles sabem que a única mensagem é a de que estamos sendo reconciliados com Deus.

3.Não há melhor maneira de proporcionar um horário regular para os seus filhos aprenderam as coisas de Deus com você.

Certamente você quer que seus filhos aprendam a Escritura e como viver como um cristão com seu pastor e outras pessoas na igreja. Isso é essencial para a educação cristã dos filhos. Mas você não quer terceirizar para os pais de outras crianças todo o ensino cristão que seus filhos recebem.

Além disso, as oportunidades que seus filhos têm com estes professores a cada semana é limitada em comparação com o tempo que você pode gastar com eles todos os dias. Culto familiar é a melhor e mais consistente maneira de você transmitir suas crenças para seus filhos.

4.Não há melhor aprendizado para os filhos do que vendo o exemplo espiritual e positivo, em curso, dos seus pais na vida real.

Durante a vida diária em casa, seus filhos vão vê-lo no seu pior. Eles muitas vezes o verão agindo como um não cristão. Certifique-se de que eles o verão no seu melhor também, quando você viver como um seguidor de Jesus em sua presença.

Deixe-os vê-lo – um homem ou mulher que sabem serem imperfeitos e pecadores – mas que voltam incansavelmente para a Bíblia e para a centralidade de Cristo em casa. Deixe-os ver, não como um hipócrita que tenta dividir seu pecado de sua fé, mas como alguém que vai regularmente a Deus, no culto familiar e, humildemente, reconhece seu pecado e a necessidade de um salvador.

Aqueles que realizam culto familiar vão descobrir que esta prática promove, continuamente, confissão, perdão e restauração que todas as famílias saudáveis precisam.

5. Não é isso que você realmente quer fazer?

É necessário persuadir qualquer cristão genuíno de querer adorar a Deus em sua casa com a família? O próprio Deus não planta o desenho no coração de todos aqueles que o amam?

Então faça o que você realmente quer fazer. Comece a adoração de Deus com sua família em casa, esta noite.

Por: Donald Whitney. Copyright © 2016 The Gospel Coalition. Original: 5 Reasons You Should Prioritize Family Worship

Tradução: Thiago Holanda. Revisão: Filipe Castelo Branco. © 2016 Cante as Escrituras. Original: 5 Razões Para Que Você Priorize a Adoração em Família

Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor, seu ministério e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.