Houve quem dissesse que quando as igrejas históricas permitiram que a guitarra e a bateria entrasse em seus cultos, o diabo encontrou uma grande oportunidade para atrapalhar a adoração a Deus. Junta-se a isso o fato de que não são poucos aqueles que baseados numa canção de Raul Seixas afirmam que o diabo é o pai do Rock.

Outro dia um amado irmão em Cristo afirmou com todas as letras que o Rock é coisa do cão e aqueles que escutam este estilo de música estão agradando o diabo. Ao ouvir tão dura sentença perguntei ao meu interlocutor de onde ele tirou essa sandice, e ele sem titubeios me respondeu dizendo: Aprendi isso com o pastor americano fulano de tal.

Caro leitor, os ritmos musicais, bem como as variantes culturais pertencem a Deus. Lamentavelmente os evangélicos possuem a triste mania de tornar a vida uma grande obra maniqueísta. Nesta perspectiva, a música tem sido dividida em música do mundo e música cristã, ritmos sagrados e e ritmos do capeta. Ora, vamos combinar uma coisa? O simples fato de uma canção ter sido composta por um crente não significa necessariamente que ela seja de Deus, até porque, o que existe de gente que se diz crente e não nasceu de novo compondo canções evangélicas não está no gibi.

Prezado amigo, acredito que a música esteja relacionada a cultura de cada país e que o Evangelho de Cristo respeita as variadas manifestações culturais. Ora, tenho pregado em vários países do mundo, e visto Deus agir através de ritmos que se fossem tocados no Brasil com certeza seria satanizados pelos evangélicos tupiniquins. Jamais esquecerei a maravilhosa música Haitiana, Africana e Peruana, que ao serem tocadas por nossos irmãos em Cristo, glorificam ao Criador do Universo.

O Rock nunca foi a minha preferência musical, particularmente eu prefiro a Bossa Nova, o Jazz, o Soul, e a boa música popular brasileira. Todavia, o fato do Rock não ser o meu ritmo preferido, não me dá o direito de afirmar que seja coisa do demo. Bem sei que existem bandas como DC talk, Oficina G3, Magnum Opus, Fruto Sagrado e outras mais que tocam rock n´roll e que levam a mensagem do Evangelho através do seu trabalho.

Isto, posto, concluo este post com um verso das Escrituras que diz “Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação.” Tiago 1:17

Naquele que vive e reina Soberanamente sobre tudo e todos,

Renato Vargens

Por: Renato Vargens. Copyright © 2012 blog Renato Vargens. Original: O diabo é o pai do Rock?

Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor, seu ministério e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.