Rephormandi é um projeto musical arraigado à Fé Reformada.

Em seu primeiro álbum, apresenta músicas em estilos contemporâneos cujas letras são adaptações de trechos de Capítulos da Confissão de Westminster, com o objetivo de disponibilizar cânticos que possam repercutir e ensinar a Confissão.

Atualmente, não é raro as músicas entoadas durante os cultos refletirem entendimentos doutrinários pentecostais ou neopentecostais, mesmo quando as pregações transmitem doutrinas reformadas. Ou seja, algumas igrejas pregam uma coisa e cantam outra. Isto motivou a composição de músicas explicitamente coerentes com a fé reformada; nada melhor, para isto, do que letras que se aproximam do símbolo da Fé Reformada mais difundido: a Confissão de Fé de Westminster. Concebido em 2010, o álbum é composto de onze faixas.

A primeira (Minha Fé) é um rol de vários itens de fé, as demais traduzem capítulos específicos da Confissão, com letras que se aproximam dos termos em que a Confissão foi escrita.

Da Escritura Sagrada é baseada no Capítulo 1 da Confissão e expressa a suficiência, inspiração e autoridade divinas da Bíblia.

De Deus é adaptada do Capítulo 2 da Confissão, com letra que discorre sobre os principais atributos de Deus. Da criação, faixa número 4, é uma afirmação do criacionismo e da natureza do homem, conforme expressa o Capítulo 4 da Confissão.

De Cristo tem letra extraída do Capítulo 8 da Confissão, falando acerca da Segunda Pessoa da Trindade, sua divindade, seus ofícios e sua obra.

A faixa 6, Da vocação eficaz, repercute o Capítulo 10 da Confissão, exprimindo as doutrinas da predestinação, da chamada eficaz, de regeneração e graça soberana de Deus.

Da fé salvadora tem letra inspirada no Capítulo 14 da Confissão falando da origem, das características e dos efeitos da verdadeira fé em Jesus.

Do arrependimento foi composta a partir do conteúdo do Capítulo 15 da Confissão, apresentando o significado e resultado do arrependimento na vida do pecador.

Da perseverança dos santos contém adaptação do Capítulo 17 da Confissão e retrata os temas da certeza da redenção e das garantias que os santos tem de que não perderão a salvação.

Da liberdade cristã, cuja letra é baseada no Capítulo 20 da Confissão, fala do significado da liberdade que há no evangelho, como livramento da ira, da condenação, conquista de acesso a Deus. Celebra esta liberdade e a finalidade bíblica dela.

A última faixa é Da comunhão dos santos, com letra adaptada do Capítulo 26 da Confissão, expressando a perspectiva bíblica da comunhão que existe em Cristo para todos os crentes.

O projeto tem como público principal as igrejas reformadas, todavia, cremos que toda Igreja de Cristo pode ser edificada lançando mão de músicas para conhecer, aprender e entoar louvores ao Senhor através de cânticos que expressam doutrinas, antes de tudo, bíblicas.

Ouça no Spotify | YouTube

Por: Jairo Vieira. Revisão: Filipe Castelo Branco. Copyright © Cante as Escrituras 2016. Original: Rephormandi: Músicas Arraigadas na Fé Reformada

Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor, seu ministério e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.

comentário(s)