Foi uma alegria finalmente visitar sua igreja alguns Domingos atrás e louvar com os crentes de lá. Você sabe que eu estava esperando por isso há muito tempo. Como você prometeu, o pastor é um excelente comunicador e um homem que ama a Palavra de Deus. O sermão dele foi profundamente desafiador e levou a algumas grandes conversas com os meus filhos.

Agora, você perguntou por que parecia que eu não estava cantando. Eu sei que isso provavelmente foi um pouco estranho, então eu pensei em mandar uma breve explicação. Primeiramente, foi porque…

… eu não estava familiarizado com as músicas. A sua igreja tem um grupo de músicos tremendamente habilidosos liderando-a e foi uma verdadeira alegria ouvi-los tocar e cantar. O som deles é tão bom ao vivo quanto no álbum! Mas, a não ser que eu tenha perdido alguma coisa, todos os cânticos naquele Domingo foram tirados das músicas deles. Não houve hinos no culto e nem cânticos de louvor familiares. Então não é que eu não queria cantar, é só que eu não conhecia as músicas. Eu quero ser justo – toda igreja tem algumas músicas próprias, e não tem nada de errado nisso. Eu tentei acompanhar da melhor forma que pude para aprender algumas das músicas, mas mesmo assim…

… as músicas não eram congregacionais. A maioria delas pareciam ter sido escritas mais para a banda do que para a congregação. O que eu quero dizer é que elas eram imprevisíveis e frequentemente iam além do meu alcance vocal e da minha habilidade. Isso as tornou árduas para aprender e difíceis de cantar. Às vezes eu achei que tinha entendido, mas então…

... os cantores improvisavam. Duas vezes eles cantaram aquele coro final de um jeito, mas então na terceira vez eles fizeram algo que eu não previ e simplesmente não consegui acompanhar. Eu deveria acompanhá-los subindo as notas cada vez mais altas naquele coro final ou deveria ficar com a melodia original? Eu não queria estragar tudo, então achei que seria melhor ficar quieto. Eu poderia ter sido ajudado nisso, mas…

… eu não conseguia ouvir a congregação cantar. Eu queria aprender com as pessoas à minha volta, mas não conseguia ouvi-las. Muitas delas pareciam estar cantando junto, mas muito mais baixo do que a banda. Não me entenda mal, eu amo música alta e frequentemente aumento o volume a níveis ridículos quando estou em casa ou no meu carro. (Enquanto eu escrevo estas palavras, eu mesmo o coloquei em um nível desagradável.) Mas da forma como eu entendo Colossenses 3.16, um elemento chave para o louvor congregacional é ouvir a congregação. O canto está na área do ministério “uns aos outros”, o que significa que nós cantamos para as outras pessoas. Mas isso foi difícil, porque…

… parecia uma apresentação. Nós estávamos em um salão escuro sentados como em um teatro. A banda estava em um palco iluminado na frente do salão, cantando suas próprias músicas com o volume nas alturas. Isso estabelece um contexto que me pareceu mais um show do que uma igreja. Eu realmente gostei de assistir à banda e de ouvi-la, mas eu senti que ela estava fazendo em vez de facilitando o louvor. Então, no fim das contas eu simplesmente me sentei e aproveitei o show.

Agora, por favor, não pense que eu estou tentando reavivar as antigas guerras do louvor. E creio que haja espaço tanto para hinos tradicionais quanto para cânticos de louvor modernos. Eu amo todos eles! Mas o jeito como a música foi estruturada e implementada na sua igreja não foi propícia para o louvor congregacional. Foi bom, foi profissional, mas pensando sobre isso agora, não posso evitar pensar se talvez não tenha sido bom demais e profissional demais. Eu imagino que talvez o desejo por excelência possa ter roubado muito da sua utilidade. Vale a pena considerar: se o nosso desejo por excelência coloca a música fora de alcance para a congregação, talvez nós estejamos buscando uma definição errada de excelência.

Por: Tim Challies. Copyright © 2017 Tim Challies. Original: Why I Didn’t Sing When I Visited Your Church

Tradução: Jemima S. L. Santos. Revisão: Filipe Castelo Branco. © 2017 Cante as Escrituras. Original: Porque eu não cantei quando visitei a sua igreja

Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor, seu ministério e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.