Se eles quisessem, líderes de louvor de muitas igrejas poderiam se esquivar muito com a primeira canção todo Domingo. Pessoas estão chegando atrasadas, tentando acomodar seus filhos, silenciando seus celulares, conferindo seus celulares, encerrando conversas ou geralmente apenas desorientadas.

A verdade é que muitos de nós entramos na adoração sem ainda estarmos prontos para adorar. Nós precisamos de um pouco de tempo para nos concentrar e focar. Alguns de nós estamos frustrados com os nossos filhos. Alguns estão desanimados com o trabalho. Alguns estão estressados com a escola ou com os prazos dos nossos trabalhos. Outros estão depressivos ou apáticos com a vida. E ainda alguns estão amedrontados, perturbados ou melancólicos. A adoração semanal nos leva de volta a histórias com os altos e baixos emocionais do pecado e da salvação, então todos nós precisamos recalibrar.

O inicio da adoração é um momento crítico, onde nós lançamos tudo o mais que demanda a nossa atenção nas mãos capazes do Único que estamos nos preparando para encontrar.

Afina o Meu Coração

Alguns hinos históricos parecem conter um tanque sem fim de combustível. Não importa quantas vezes nós os cantamos, eles falam conosco, nos avivam, nos levam à adoração. “Fonte és tu de toda bênção” é um desses hinos para mim.

Fonte és Tu de toda bênção
Afina o meu coração para cantar a tua graça
¹

Afina o meu coração. Como um guitarrista, isso fala comigo. Se eu colocar minha guitarra na bolsa ou deixá-la no suporte, não é a mesma guitarra. Quando eu pegá-la alguns dias depois e dedilhá-la, ela estará desafinada. Por causa de forças internas (madeira, tensão, cordas envelhecidas) e forças externas (temperatura, humidade), uma guitarra deixada sozinha sempre sairá da afinação.

O mesmo fenômeno acontece com os nossos corações. Entre os Domingos, nós somos derrubados, e as forças internas e externas a nós, nossos pecados, os pecados de outros, e a queda do mundo – mandam nossos corações em vários tipos de direções. Quando nos voltamos para adorar juntos, e o Espírito Santo começa a dedilhar as cordas dos nossos corações, nós ouvimos dissonância. Corações sempre requerem reafinações.

Por esse tipo de calibração ser crítico, e poder ser difícil, considere algumas dicas de como preparar bem seus corações para adoração.

1. Adoração começa antes de você entrar.

Como muitos disseram anteriormente, nós não entramos na adoração congregacional e começamos a adorar. Nós entramos no espaço já em adoração. Nossos corações têm amado e desejado em toda sorte de direções na semana. O primeiro passo é simplesmente reconhecer e confessar esse fato, orando para que o Espírito Santo reduza cada vez mais a diferença entre a adoração oferecida aos Domingos e a adoração oferecida de segunda a sábado. O adorador que cresce em orientar seu coração em direção a Deus de segunda a sábado (adoração com toda a vida) vai se achar mais calibrado para os Domingos ( adoração reunida).

2. Concentre seu coração antes da adoração.

Antes de um culto de adoração, todos nós podemos fazer coisas que façam a nossa entrada na adoração mais fácil. Nós podemos meditar em um verso ou dois da Escritura ou orar através de um salmo. Nós podemos ouvir músicas que nos movem e orientam os nossos corações. Talvez apenas dez minutos de silêncio é o que precisamos. Certamente colocando os nossos celulares em “não perturbe” (ou até mesmo desligando) pode ser uma ajuda, uma prática intencional para acalmar nossas mentes desgastadas e distraídas.

3. Chegue cedo.

Poucas coisas tornam tão difícil o completo engajamento no culto do que chegar em cima da hora ou atrasado. Chegar cedo nos dá tempo suficiente para achar um lugar para sentar, e então concentrar os nossos corações através da palavra e oração.

Nós também teremos a chance de nos preparar para o culto cumprimentando os outros. Algumas pessoas pensam que a única forma de se preparar para a adoração é orar silenciosamente e ignorar aos outros. Essa é uma forma unilateral de abordar a adoração. Porque a adoração é tanto vertical (nós e Deus) quanto horizontal (um aos outros), cumprimentar pessoas que estão adorando próximos a nós é uma forma maravilhosa de calibrar o nosso coração para a adoração congregacional.

4. Aproveite os momentos iniciais.

Se jogue de cabeça. Deixe a chamada para adorar e os hinos ou canções de abertura inundarem a sua mente e coração. Cante em alta voz, respire fundo, se sinta apaixonado. Às vezes, participar fisicamente realmente leva nossas afeições a se engajarem espiritualmente. Reconheça que a abertura do culto é indicado para a nossa calibragem, e deixe ele preparar o seu coração para a adoração.

[1] Tradução livre dos primeiros versos do hino: “Fonte és tu de toda bênção”

Por: Zac Hicks. Copyright © 2017 Desiring God. Original: Lord, Tune My Heart for Worship

Tradução: Calebe Sequeira. Revisão: Filipe Castelo Branco. © 2017 Cante as Escrituras. Original: Senhor, Afina o Meu Coração Para a Adoração

Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor, seu ministério e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.