Autor: Jamie Brown

Mantendo as Coisas Profissionalmente

Ainda sou jovem, mas pode me chamar de velha guarda. Líderes de louvor devem agir profissionalmente. E eles devem ajudar suas equipes/bandas/corais/voluntários profissionalmente também. Deve haver uma atmosfera de profissionalismo em torno das pessoas que servem no ‘front’ e/ou nos bastidores de um culto, e em todo o espectro de expressões de um culto, desde os tradicionais corais até as bandas de rock casuais. Por quê? Porque tudo o que fazemos prega uma mensagem. Desleixo e despreparo pregam a falta de honra: seja para as pessoas presentes, seja para Aquele a quem nós estamos (espero) cultuando. Nós nos tornamos...

Read More

Não Seja um Macaco

No início da minha experiência como líder de louvor, eu estava bem convencido de que sempre que eu sofria algum tipo de oposição, problema ou inércia, a solução era que eu precisava manter as coisas do meu jeito. Culto está morto? Então eu devo ser autorizado a fazer o que eu quero fazer. Os músicos não estão tendo um bom desempenho? Então me deixa limpar a casa e dar umas chicotadas. Só tem tempo para duas músicas? Se você ama Jesus vai me dar tempo para, pelo menos, cinco. Você não quer projetar as letras? Então, obviamente você é um neandertal. Eu devo pedir conselho a uma comissão? Um desperdício do meu precioso tempo. Eu não posso ter meu próprio escritório? Vou fazer muito barulho pelo tempo que for preciso para conseguir o que quero. Ninguém está cantando? Logo eles vão perceber meu brilho subjacente. Você pensou que eu repeti esse música muitas vezes? Eu devia ter repetido muito mais. Você quer que eu apresente a minha lista de músicas para quem? Eu as ouvi diretamente de Deus. A lista poderia continuar, mas vou poupá-los de mais desses meus surtos de imaturidade (nenhum dos quais ainda existe hoje, é claro…) e egocentrismo. Eu estava convencido de que quando eu estava liderando a adoração eu tinha (a) todas as respostas, (b) todo os insights, e(c) todas as habilidades de um...

Read More