As raízes da adoração

Matt Chandler: Sem um entendimento de Deus e sem adorá-lo dessa forma, tudo se torna superficial. Tudo – desde o jantar até o sexo, do casamento até aos filhos, do trabalho até às artes e a literatura – tudo fica superficial e trivial.

Adoração do Herói e Imitação Santa

John Piper: A adoração do herói é a admiração de alguém por razões profanas vendo tudo o que ele faz como admirável (sendo pecado ou não). A imitação santa, por outro lado, vê evidências da graça de Deus, admira-as por causa de Cristo, quer aprender com elas e crescer nelas.

Deus odeia a idolatria

Tim Challies: Deus diz ao seu povo para adorar e como adorar e Ele despreza todos os desvios de seus desejos divinos.

Mas, qual é mesmo a diferença?

Devemos nos preocupar com o conteúdo das canções entoadas em nossos cultos. As canções devem ser profundamente bíblicas e centralizadas em Deus, focalizando a Pessoa e a obra redentora de Jesus Cristo.

Loading